07/07/2017

Petição pela restrição do acesso de autocarros turísticos

O crescimento exponencial do turismo a que nos últimos anos temos assistido em Lisboa faz com que o número de visitantes anuais já seja muito superior ao conjunto dos habitantes da área metropolitana de Lisboa.
É no centro da cidade de Lisboa que se verifica o reflexo desse crescimento.
Não se questionando os benefícios que esta nova realidade representa para a criação de emprego, de incremento do investimento e na reabilitação do degradado património edificado é por outro lado preocupante a ausência de regras de vivência em comunidade e degradação das condições de vida dos próprios habitantes da cidade, para não falar do aumento desproporcionado do preço do imobiliário e das rendas das habitações.
Reveste-se de particular importância os fenómenos resultantes do acréscimo de trânsito, uma vez mais com especial acuidade nos bairros históricos de Lisboa de que não pode deixar de destacar-se o tráfego contínuo dos motociclos e dos autocarros de turismo.
Neste particular, constitui neste momento preocupação o trânsito de autocarros de turismo na freguesia de Santa Maria Maior que, como é sabido, alia o grande volume de tráfego a ruas particularmente estreitas, com especial incidência para a zona circundante da Sé de Lisboa e das ruas a esta contíguas.
Com efeito, são já catastróficos para a movimentação normal da cidade os frequentes engarrafamentos em frente à Sé de Lisboa nas áreas das ruas São João da Praça e Augusto Rosa, assim como nas ruas Jardim do Tabaco e Terreiro do Trigo em Alfama.

Assim, os abaixo assinados vêm por este meio solicitar à Câmara Municipal de Lisboa:
- Que com caráter de urgência providencie no sentido de proibir a acessibilidade de autocarros de turismo ao Largo da Sé e também a sua circulação nas Ruas da Alfândega, Terreiro do Trigo e Jardim do Tabaco, na zona de Alfama

Petição Online:
http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=acessoautocarros
Pode também ser assinada nos Postos de Atendimento da JF Santa Maria Maior